Mostra Virtual

Hospício de Pedro II - da construção à desconstrução


Última modificação: 06/02/2019 | 15h02
Desenho da fachada do hospício

A mostra virtual "Hospício de Pedro II: da construção à desconstrução" é uma iniciativa do Centro Cultural do Ministério da Saúde (CCMS), uma unidade da Coordenação-Geral de Documentação e Informação (CGDI). Objetiva abordar o panorama histórico da Psiquiatria no Brasil, a partir do movimento da elite médica para a criação do primeiro hospício e das Colônias de Alienados na cidade do Rio de Janeiro.

O resultado é um retrato da situação em que se encontravam os loucos desde o início do século XIX a meados do século XX, passando pelas personalidades da Psiquiatria no Brasil e no exterior e pelo movimento político e social que originou a criação do Hospício de Pedro II – um espaço exclusivo de assistência aos chamados loucos, que começavam a ser vistos como doentes, necessitando, portanto, de tratamento médico.

Dentre os fatos relevantes destacam-se a desanexação do hospício da Santa Casa de Misericórdia em 1890, determinando a transferência de sua administração para o Estado, transformando desta forma, o hospício em uma instituição laica. E também a superlotação e as críticas satíricas ao asilo, além do surgimento das colônias de alienados Conde de Mesquita e São Bento, localizadas na Ilha do Governador.

Para a realização deste trabalho, foram coletados documentos textuais e iconográficos pesquisados nos arquivos da Academia Nacional de Medicina (ANM), Arquivo Nacional (AN), Biblioteca Nacional (BN), Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (IHGB), Instituto Municipal Nise da Silveira (IMNS), Instituto Philippe Pinel (IPP) e Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Confira a mostra virtual Hospício de Pedro II - da construção à desconstrução acessando este site.

Ano da exposição: 
2014