Desde 1979, o Projeto Portinari vem reunindo um dos mais importantes arquivos multimídia existentes sobre a história e a cultura brasileiras do século XX. Tendo catalogado mais de 5.400 pinturas, desenhos e gravuras atribuídas ao pintor, além de mais de 25 mil documentos sobre sua obra, vida e época, foi realizado também um Programa de História Oral que resultou em 74 depoimentos, totalizando 130 horas gravadas. Oscar Niemayer e Jorge Amado, entre outros, estão entre os depoimentos que contribuíram para aprofundar a compreensão da vida e obra de Portinari e das preocupações estéticas, artísticas, culturais, sociais e políticas da sua geração.

O momento atual do Projeto Portinari é o de uma ampla ação de inclusão social, direcionada à promoção da cidadania e de valores sociais e humanos, que permeiam toda a obra do pintos. Este programa já atingiu todos os estados brasileiros e mais de 500 mil pessoas, em sua maioria crianças e jovens. Um extenso site na internet disponibiliza o acervo, permitindo inclusive a busca de imagens no universo da obra do pintor, a partir de diferentes chaves de pesquisa: www.portinari.org.br. Em setembro de 2004, foi lançado o catálogo raisonné Candido Portinari - Obra Completa, na 26ª Bienal de São Paulo, que contou com a sala Projeto Portinari, comemorando os 25 anos de trabalho.

O Projeto Portinari atualmente conta com o patrocínio do Banco do Brasil e com os apoios da PUC-Rio, Portinari Licenciamentos e dos escritórios de advocacia Dannemman, Siemsen, Biegler & Ipanema Moreira; Bulhões Pedreira e Luís Guilherme Vieira.

Projeto Portinari
Museu Casa de Portinari

Portinari pintando