Propaganda do selo beneficente do Asilo dos Cancerosos organizada pelo Jockey Club, 1948

Ajuda aos desvalidos

Com o auxílio da primeira-dama Darcy Vargas, Mário Kroeff criou a Associação Brasileira de Assistência aos Cancerosos. Como presidente de honra da Associação, a primeira-dama conferiu à entidade notoriedade suficiente para angariar fundos.


Com os recursos, foi comprado um terreno no bairro Penha Circular, Zona Norte do Rio de Janeiro, para a criação do asilo para os doentes incuráveis.


A instituição filantrópica destinava-se a receber doentes incuráveis, dando-lhes cuidados especiais. A construção do novo hospital teve início em 1949. Em 1952, a Associação moveu uma grande campanha para sua finalização. Mais tarde, foi inaugurado o novo hospital, que recebeu o nome de Mário Kroeff.



Visita da primeira-dama Darcy Vargas ao Centro de Cancerologia.


Entrada do Asilo dos Cancerosos, Penha, Rio de Janeiro.